Cultura

Encontradas mais de 40 moedas de ouro do século VII escondidas numa parede

Encontradas mais de 40 moedas de ouro do século VII escondidas numa parede
TWITTER/ ISRAEL ANTIQUITIES AUTHORITY

O tesouro do Império Bizantino foi encontrado em Israel.


Uma equipa de arqueólogos em Israel anunciou uma descoberta rara, 44 moedas em ouro puro foram encontradas escondidas numa parede. O achado aconteceu em Israel, numa reserva natural onde decorrem explorações arqueológicas. O tesouro do Império Bizantino terá sido escondido durante a conquista muçulmana da região no ano 635.

"Podemos imaginar o proprietário a esconder a sua fortuna ao sentir a ameaça de guerra, à espera de voltar um dia para recuperar os seus bens", disse Yoav Lerer, responsável pela investigação arqueológica.

Além das moedas de ouro, foram também encontrados no que terá sido um bairro residencial da cidade antiga, os restos de edifícios, canais de água e canalizações, moedas de bronze e muito mais, divulgaram as autoridades israelitas.

Estes importantes achados foram localizados na exploração arqueológica que está a ser feita na Reserva Natural de Hermon Stream, perto de Banias, nos Montes Golã. Banias é um lugar importante para a tradição cristã, é aí que se diz que Jesus Cristo terá dito ao apóstolo Pedro: "Sobre esta pedra edificarei a minha igreja".


Gabriela Bijovsky, especialista em numismática da Autoridade de Antiguidades de Israel, disse que algumas das moedas descobertas eram do imperador Focas (602-610), mas a maioria remonta ao seu sucessor Heráclio.

De acordo com os especialistas, esta descoberta das 44 moedas de ouro puro ajuda a perceber o fim do domínio bizantino na região. O Império Bizantino foi a metade oriental do Império Romano, que resistiu por mais de 1.000 anos.

Últimas Notícias
Mais Vistos