Cultura

Sessão de Cinema: "Para Sempre Mozart"

Sessão de Cinema: "Para Sempre Mozart"
"Para Sempre Mozart": a saga de um velho cineasta

Em 1996, Jean-Luc Godard realizava este drama contemporâneo, fortemente marcado pelas imagens da guerra da Bósnia.

Falecido no passado dia 13 de setembro, contava 91 anos, Jean-Luc Godard pode ser (re)descoberto através do streaming. Por exemplo, lembremos “Para Sempre Mozart” que, em todo o caso, não é exactamente um musical. Pelo menos não no sentido tradicional de um género de produções, nomeadamente da idade clássica de Hollywood, em que nos habituámos a encontrar momentos musicais (instrumentais, cantados, eventualmente dançados…) que, por assim dizer, “ajudam” a encenar a história que se quer contar.

Em boa verdade, estamos perante uma aventura que é, antes do mais, de natureza teatral. Desde logo, em sentido literal: seguimos os esforços de um grupo empenhado em montar uma peça de Marivaux (“O Jogo do Amor e do Acaso”) em Sarajevo, durante a guerra da Bósnia. Depois, o próprio filme evolui como um puzzle de várias cenas em que, além do confronto com documentos que testemunham a violência da guerra, vamos conhecer o trabalho criativo, aparentemente bloqueado, de um velho realizador e da sua actriz principal…

Na trajectória de Godard, este filme de 1996 constitui uma etapa marcante de um período em que o pensamento na primeira pessoa (muitos viram na personagem do realizador uma projecção muito directa do próprio Godard) envolve uma obstinada reflexão sobre as convulsões da história recente da nossa Europa — recorde-se que, três anos antes, ele fizera uma curta-metragem intitulada “Je Vous Salue, Sarajevo”.

O resultado, filmado com austero rigor, de uma só vez realista e simbólico, acaba por ter a dimensão e o fôlego de um espelho crítico em que o próprio espectador é confrontado com uma questão artística que é também eminentemente política: como é que o cinema pode dar conta do presente em que vivemos? Com Mozart ou sem Mozart, tudo isso envolve uma invulgar musicalidade narrativa.

Filmin

Últimas Notícias
Mais Vistos