Desporto

Ronaldo devia estar preso, diz fisco espanhol

Ronaldo devia estar preso, diz fisco espanhol

A responsável pela Unidade Central de Coordenação do Tesouro espanhol afirmou em tribunal que há contribuintes que estão detidos por infrações fiscais menos graves do que as do futebolista português Cristiano Ronaldo. Caridad Gómez Mourelo diz que os 15 milhões de euros de fuga ao fisco imputados ao jogador, são muito importantes para os cofres de Espanha.