Desporto

Presidente do Conselho de Arbitragem ouvido pela Polícia Judicária 

Em causa está a nomeação de um árbitro dilvugada antecipadamente por César Boaventura.

O Presidente do Conselho de Arbitragem foi ouvido esta quarta-feira pela Polícia Judiciária por causa da nomeação de João Capela para o jogo FC Porto - Marítimo.

Segundo o jornal Observador, José Fontelas Gomes pediu para prestar declarações sobre a divulgação da nomeação feita por César Boaventura.

O agente de jogadores publicou nas redes sociais um documento que revelava que o árbitro João Capela iria apitar no Estádio do Dragão.

Essa revelação foi feita 24 horas antes do jogo e antes que o Conselho de Arbritragem comunicasse oficialmente o nome do árbitro para o encontro da 26ª jornada da Primeira Liga.