Desporto

Bernardo Silva ajuda City a superar dérbi de Manchester e a assumir liderança

Carl Recine

O médio luso abriu caminho para a 11.ª vitória seguida dos campeões em título da Liga inglesa.

O internacional português Bernardo Silva marcou hoje o primeiro golo do Manchester City na vitória sobre o United (2-0), em jogo em atraso da 31.ª jornada, no qual os 'citizens' assumiram a liderança da liga inglesa de futebol.

O médio luso, mais uma vez titular sob o comando de Pep Guardiola, abriu caminho para a 11.ª vitória seguida dos campeões em título, com um golo aos 54 minutos, na sequência de uma iniciativa individual pela meia-direita, antes de bater o espanhol De Gea.

Apesar de o Manchester United, com o internacional sub-21 português Diogo Dalot no banco de suplentes, ter ameaçado o empate logo de seguida, através de Jesse Lingard, o City dissipou as dúvidas aos 66 minutos, por intermédio do internacional alemão Leroy Sané.

Com três jornadas por disputar, o Manchester City, que venceu pela terceira época seguida em Old Trafford para o campeonato, recuperou a liderança isolada da 'Premier League', com 89 pontos, mais um do que o Liverpool, num 'ombro a ombro' entre 'citizens' e 'reds', que se vai prolongar até final.

No outro jogo do dia, também relativo a acerto da 31.ª jornada, o Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, recebeu e venceu o Arsenal por 3-1 e subiu ao sétimo lugar, que pode vir a proporcionar qualificação para a Liga Europa da próxima época.

Os portugueses Rui Patrício, João Moutinho, Rúben Neves e Diogo Jota foram titulares nos 'wolves', sendo que os dois últimos foram decisivos para o triunfo sobre os 'gunners'.

Neves inaugurou o marcador, aos 28 minutos, de livre direto, enquanto Diogo Jota fez o terceiro, aos 45+2, já depois de Matt Doherty ter anotado o segundo, aos 37.

A 10 minutos do final, o grego Sokratis reduziu para o Arsenal, que se mantém com 66 pontos, mas perdeu a oportunidade de ultrapassar o Chelsea e assumir o quarto lugar, o último de acesso à Liga dos Campeões da próxima época, tendo menos um ponto que os 'blues' e apenas mais dois do que o Manchester United, sexto, com 64.

Lusa

  • O 12.º episódio do "Polígrafo SIC"
    21:36