Desporto

Árbitro português Carlos Ramos envolvido em nova polémica 

Árbitro português Carlos Ramos envolvido em nova polémica 

Tenista Denis Shapovalov recusou-se a jogar e disse palavrões depois de uma decisão do árbitro português.     

Denis Shapovalov, de 20 anos, exigiu que fosse chamado o Supervisor da prova. O juiz português, que ficou famoso na polémica final do US Open 2018. Desta vez, nos oitavos-de-final do torneio de Lyon, o árbitro português entendeu que Denis Shapovalov não teve a reação correta.

Depois do adversário, o francês Ugo Humbert, ter ganho o ponto pelo serviço gerou-se a confusão. Denis Shapovalov parou de jogar por considerar que o serviço tinha sido fora. Já aos olhos do arbitro português, Denis não deixou de jogar de imediato para ir ver a marca, como é suposto.

Entre gestos e palavrões o português disse "É a minha decisão", mas o tenista canadiano recusou-se a voltar ao jogo e exigiu a presença do supervisor.

Shapovalov acabou por voltar ao jogo. Venceu Humbert por 2-6, 7-6 (4) e 6-2.

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38