Desporto

Retirada acusação de violação contra Cristiano Ronaldo, mas o caso ainda não terminou

Em atualização

Regis Duvignau

O processo contra Cristiano Ronaldo continua agora num tribunal federal.

A queixa por violação apresentada contra o jogador de futebol da Juventus Cristiano Ronaldo nos Estados Unidos, que fez baixar as ações do clube em 15%, foi retirada avança a Bloomberg.

O pedido de retirada de queixa foi apresentado no mês passado no tribunal estadual de Nevada em Las Vegas. O documento não diz se a mulher que acusava Ronaldo chegou ou não a um acordo com o futebolista português, acrescenta a Bloomberg.

Em março, o New York Times revelava que a Juventus, campeã da liga italiana, não participaria na Taça dos Campeões Internacionais nos EUA neste verão para evitar que Ronaldo pudesse ser detido nos Estados Unidos no âmbito deste caso.

Em setembro do ano passado, a norte-americana Katheryn Mayorga, de 34 anos, tinha apresentado uma queixa contra Cristiano Ronaldo por um crime que teria sido cometido em 2009.

O caso foi reaberto depois de a mulher ter apresentado novas informações sobre a alegada violação, colaborando com as autoridades na investigação. No estado norte-americano do Nevada os crimes sexuais não prescrevem desde que tenham sido devidamente reportados às autoridades.

A defesa de Cristiano Ronaldo sempre disse que o que se passou entre o futebolista e Mayorga foi por mútuo acordo.

Apesar de a queixa ter sido retirada, o JN garante que o caso não terminou. No passado dia 28 de janeiro, deram entrada, no US Ditrict Court do Nevada, um tribunal de âmbito federal, os documentos judiciais.

Depois disso, a 1 de março deste ano, o mesmo tribunal deu um prazo de mais 180 dias a Mayorga para notificar Cristiano Ronaldo do processo, depois de as tentativas de contacto terem falhado, por não ter sido possível saber a morada do jogador português em Turim, escreve o JN.

Até ao momento, nem Leslie Stovall, advogado de Mayorga, nem Peter Christiansen, advogado do português, comentaram a retirada da queixa.

  • Advogado de Ronaldo diz que documentos foram "manipulados" e são "puras invenções"

    Desporto

    O advogado de Cristiano Ronaldo confirmou esta quarta-feira que houve um acordo entre o jogador português e Kathryn Mayorga, a mulher que o acusa de violação. Contudo, Peter S. Christiansen sublinha que este acordo não representa uma "confissão de culpa". O advogado diz ainda que os documentos divulgados pelos media são "puras invenções", um resultado de roubo e manipulação das informações.

  • Cristiano Ronaldo reage no Twitter à acusação de violação: "Nego terminantemente"

    Desporto

    Cristiano Ronaldo reagiu hoje à acusação de violação sexual de que é alvo nos Estados Unidos e à recente reabertura da investigação. O internacional português escreveu na rede social Twitter: "Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjecto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espetáculo mediático montado por quem se quer promover à minha custa".

  • Conheça os fundamentos da acusação contra Cristiano Ronaldo
    1:12

    Desporto

    Os advogados que representam Kathryn Mayorga já enviaram a Cristiano Ronaldo uma intimação de forma a dar início a uma ação cível contra ele. O jogador tem agora 20 dias para responder. Numa conferência de imprensa, sem a presença da alegada vítima, foram explicados aos jornalistas os fundamentos da acusação. Kathryn Mayorga quer anular o acordo assinado com o internacional português em 2010 para poder avançar com o caso. 

  • Advogada de Kathryn Mayorga confiante na condenação de Ronaldo
    3:09

    Desporto

    Cristiano Ronaldo já terá gasto quase um milhão de euros para se defender contra as acusações de violação de Kathryn Mayorga. O avançado da Juventus estará a preparar uma “superequipa” para manter a reputação e os patrocínios. À SIC, a advogada da norte-americana não quis adiantar detalhes acerca do paradeiro ou do estado emocional da cliente. Mostrou-se, no entanto, confiante numa condenação do jogador português.

  • Mourinho procura clube e rejeita, para já, treinar seleções
    7:14
  • Como não gastar dinheiro com os números começados por 707
    6:46