Desporto

Camaronês Joel Tagueu dispensado da CAN por problema cardíaco

Joel Tagueu e Rodrigo Pinho

PAULO NOVAIS

O selecionador decidiu prescindir do jogador a menos de 24 horas da estreia na CAN2019.

O avançado Joel Tagueu, que jogou no Marítimo, foi esta segunda-feira dispensado da seleção camaronesa de futebol depois de lhe ter sido diagnosticado um problema cardíaco, que o afasta da Taça das Nações Africanas (CAN), a decorrer no Egito.

"O médico dos 'Leões Indomáveis', o professor William Ngatchou, detetou no avançado Joel Tagueu (...) uma anomalia na implantação de uma artéria coronária, com o sério risco de morte súbita", anunciou a federação camaronesa, em comunicado.

O organismo acrescenta que, por conselho médico, o selecionador, o holandês Clarence Seedorf, decidiu prescindir do jogador a menos de 24 horas da estreia na CAN2019, frente à Guiné-Bissau.

Noutras publicações, foi adiantado que a federação já fez um pedido para poder substituir o avançado.

Joel esteve no Marítimo desde janeiro de 2018 até o final da última época, tendo feito o registo de 49 jogos e 19 golos no emblema madeirense, do qual despediu em maio, por regressar aos brasileiros do Cruzeiro, que haviam emprestado o avançado.

Os Camarões estreiam-se na CAN na terça-feira, diante da Guiné-Bissau, em jogo do grupo F, no qual estão ainda o Gana e o Benim.

Lusa