Desporto

Pinto da Costa recorre do castigo do Conselho de Disciplina

Paulo Duarte

Presidente do FC Porto foi suspenso por 90 dias.

O presidente do FC Porto vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) da decisão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol de lhe aplicar uma suspensão de 90 dias.

Em nota informativa publicada no 'site' do clube, Jorge Nuno Pinto da Costa considera a decisão do CD "injusta e atentatória do direito à liberdade de expressão".

De acordo com o comunicado publicado no site oficial da Liga de clubes, o castigo a Pinto da Costa decorre de participações do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol e da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) e devido a críticas do presidente dos 'dragões' ao setor da arbitragem.

Em causa estão declarações de Pinto da Costa em 07 de maio, quando referiu no editorial da revista Dragões que "muitas vezes os adversários vestem de preto", e em 14 de maio, em entrevista ao jornal O Jogo, quando atacou nomeações de árbitros.

"Depois do clássico, o campeonato decidiu-se em três sítios: Vila da Feira, Braga e Vila do Conde. São três jogos onde ainda gostava de saber quem, a partir daí, foi buscar os padres à sacristia", disse Pinto da Costa, em alusão a três jogos do Benfica.

Lusa

  • Vem aí o calor...
    1:01