Desporto

Ronaldo chega aos 93 golos por Portugal e já ameaça Ali Daei

Ints Kalnins

Conseguirá o internacional português bater mais um recorde?

Cristiano Ronaldo somou hoje em Vilnius, face à Lituânia, o segundo 'póquer' ao serviço da seleção portuguesa de futebol, elevando a sua contagem pessoal para 93, a escassos sete da 'impensável' centena.

O jogador da Juventus, de 34 anos, faturou aos sete minutos, de grande penalidade, aos 62, a meias com um 'frango' do guarda-redes Setkus, e aos 65 e 76, em ambas as ocasiões após preciosas assistências de Bernardo Silva.

Desta forma, o 'capitão' da formação das 'quinas' replicou o que havia feito em 07 de outubro de 2016, em Aveiro, onde marcou quatro golos a Andorra, numa goleada por 6-0, em jogo de apuramento para o Mundial de 2018.

Além dos dois jogos com quatro golos, Ronaldo soma ainda seis 'hat-tricks', destacando-se os conseguidos face à Espanha, na fase final do Mundial de 2018, e à Suíça, nas meias-finais da Liga das Nações de 2019, sem esquecer o obtido na Suécia, no 'play-off' para o Mundial de 2014.

O '7' luso, que conta ainda 14 'bis' e 39 jogos com um tento marcado, reforçou o estatuto de segundo melhor marcador mundial de seleções, colocando-se a 'escassos' 16 golos do iraniano Ali Daei, que acabou a carreira com 109.

No que respeita apenas a seleções europeias, Cristiano Ronaldo já deixou muito para trás os históricos Ferenc Puskas, que marcou 84, entre Hungria e Espanha, e o magiar Sándor Kocsis, autor de 75.

Apenas em qualificação para europeus, o jogador formado no Sporting ascendeu à liderança da tabela, ao passar a somar 25 golos, contra 23 do irlandês Robbie Keane.

Lusa

  • Sporting perde no arranque da caminhada europeia

    Liga Europa 2019/2020

    "Leões" perderam por 3-2 com o PSV, na Holanda.