Desporto

Assembleia Geral da Liga de clubes antecipada para 8 de junho

ESTELA SILVA

Pedro Proença deverá apresentar um modelo de governação com uma direção executiva, sem clubes representados.

A Liga de clubes anunciou este domingo que a Assembleia Geral foi antecipada para o dia 8 de junho, estando em discussão a forma de governação do organismo, bem como o aumento para cinco substituições na I Liga de futebol.

Na ordem de trabalhos constam vários pontos, entre eles a "discussão do modelo de governação", a "apreciação, discussão e votação da proposta de alteração ao Regulamento de competições" ou a "votação da proposta de ratificação das deliberações do Plano de Ação para retoma da competição, datado de 29 de maio", entre outros assuntos.

Fonte ligada ao processo disse à Lusa que Pedro Proença vai apresentar na AG um modelo de governação com uma direção executiva, sem clubes representados.

A liderança de Proença na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) tem sido questionada depois de ter sido divulgada uma carta do dirigente ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, solicitando a sua influência para fossem transmitidos em sinal aberto os restantes 90 jogos da I Liga, depois da interrupção devido à pandemia de covid-19.

O Benfica e o Cova da Piedade já decidiram abandonar a direção da Liga de clubes de futebol. Os 'encarnados' eram um dos cinco primodivisionários representados no executivo liderado por Pedro Proença, juntamente com FC Porto, Sporting, Tondela e Gil Vicente, num elenco que conta também com Mafra e Leixões da II Liga, para além do Cova da Piedade.

Outra das questões em análise será a entrada em vigor das cinco substituições, que tem de ser ratificada em AG, o que impede que possa acontecer no retomar da I Liga de futebol, marcada para quarta-feira, com o arranque da 25.ª jornada.

A antecipação da reunião magna vai permitir que medida seja aprovada em AG ainda antes do arranque da 26.ª jornada, que está marcada para 09 de junho, dia para o qual estava inicialmente marcada a AG.

A I Liga vai ser reatada sob fortes restrições e sem público nos estádios em 03 de junho, com o encontro entre Portimonense e Gil Vicente, naquele que vai ser o primeiro dos 90 jogos das últimas 10 jornadas, até 26 de julho.

Após 24 jornadas, o FC Porto lidera a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Além do principal escalão, também a final da Taça de Portugal, entre Benfica e FC Porto, integra o plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, ainda em data e local a designar.