Desporto

Atlético de Madrid vence Valladolid e apanha Sevilha no terceiro lugar

JuanJo Martin

O único golo do encontro foi marcado por Vitolo (1-0), aos 81 minutos.

O Atlético de Madrid venceu este sábado por 1-0 o Valladolid, para a 30.ª jornada da Liga espanhola de futebol, e ascendeu ao terceiro lugar, por troca com o Sevilha, embora ambas as equipas somem 52 pontos.

O único golo do encontro, que teve o internacional português João Félix até aos 64 minutos, até ser substituído pelo argentino Angel Correa, foi marcado por Vitolo (1-0), aos 81 minutos, após assistência de Diego Costa e um erro do guarda-redes contrário.

O golo do Atlético de Madrid, 'fabricado' por dois jogadores que saíram do banco, permitiu à equipa treinada pelo argentino Diego Simeone ganhar terreno a adversários diretos na luta pelo acesso à Liga dos Campeões, como o Sevilha e Getafe.

Getafe e Eibar, com os portugueses Rafa e Paulo Oliveira no banco, empataram 1-1 e prolongaram as suas séries para quatro e cinco jogos, respetivamente, sem vencer.

A lutar pelo acesso à Liga dos Campeões, o Getafe chegou à vantagem pelo nigeriano Etebo (1-0), aos 30 minutos, mas o Eibar empatou pelo brasileiro Charles (1-1), aos 45+6, na sequência de um livre em que a bola parecia perdida.

O Getafe, com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, segue no quinto lugar, com 48 pontos, a quatro do Sevilha (quarto) e do Atlético de Madrid (terceiro), ambos com 52.

O Athletic Bilbau venceu em casa por 1-0 o Betis, que teve no banco o internacional português William Carvalho, sem que fosse opção, com um golo de calcanhar do central Iñigo Martinez, aos sete minutos.

O Betis desperdiçou uma grande penalidade para chegar ao empate por Sergio Canales, aos 86 minutos, com o médio a rematar forte, mas por cima da baliza defendida pelo guarda-redes Unai Simón.

O Athletic Bilbau ascendeu ao nono lugar, com 42 pontos, a um do Valência (oitavo, com 43), e em igualdade pontual com o Granada (10.º), enquanto o Betis permanece no 14.º posto, com 34.

O Levante, com os portugueses Rúben Vezo a titular e Hernâni a sair do banco, aos 63 minutos, venceu por 3-1 em casa do Espanyol, que é o novo lanterna-vermelha da Liga espanhola.

Borja Mayoral, aos 14 minutos, o macedónio Enis Bardhi, aos 67, e Adrià Pedrosa, aos 76 na própria baliza, foram os marcadores dos golos do Levante. David López marcou para o Espanyol, aos 28 minutos.

Com os três pontos conquistados, o Levante segue no 11.º lugar, com 38, enquanto o Espanyol caiu para o 20.º posto, com 24 -- a três da linha de permanência - em igualdade pontual com o anterior último classificado Leganés (19.º).