Desporto

Borna Coric é o segundo tenista do Adria Tour a testar positivo à Covid-19

Antonio Bronic

Tenista croata divulgou a informação um dia depos de Grigor Dimitrov, com quem jogou no sábado, também ter testado positivo.

O tenista croata Borna Coric informou hoje ter testado positivo à Covid-19, um dia depois de o búlgaro Grigor Dimitrov, com quem tinha jogado, ter comunicado que estava infetado com o novo coronavírus.

"Quero comunicar que testei positivo à Covid-19. Quero pedir a todos que estiveram em contacto comigo nos últimos dias que façam o teste. Estou verdadeiramente desolado pelo mal que possa ter feito", escreveu o croata (33.º do ranking mundial) na rede social Twitter.

O anúncio do tenista croata surge um dia depois de Dimitrov também o ter feito, no domingo, já depois de abandonar o Adria Tour, torneio de exibição nos Balcãs, organizado por Novak Djokovic, no qual tinha perdido, precisamente, frente a Coric.

A final do evento, que deveria ter decorrido no domingo, em Zadar, na Croácia, foi cancelada, devido ao caso positivo de Dimitrov (19.º da hierarquia da ATP).

Grigor Dimitrov (dir) e Borna Coric (esq) juntos na partida de sábado.

Grigor Dimitrov (dir) e Borna Coric (esq) juntos na partida de sábado.

Zvonko Kucelin

O búlgaro, de 29 anos, esteve nas duas primeiras etapas do Adria Tour, tendo participado em todos os eventos fora dos courts, como jogos de futebol e de basquetebol com os restantes tenistas, incluindo Djokovic, ou em festas em discotecas.

Também hoje, a imprensa sérvia adiantou, citando a organização da prova, que Djokovic "decidiu não ser testado na Croácia, por não ter quaisquer sintomas", e que irá regressar à Sérvia e "consultar o seu médico para seguir os procedimentos que acharem melhor".

A imprensa contrapõe ainda que outros tenistas que estiveram no torneio, casos de Alexander Zverev, Coric (que acusou positivo, tal como dois preparadores físicos), Marin Cilic ou Donna Vekic, fizeram os respetivos testes.

  • 3:04