Desporto

Custódio abandona comando técnico do Braga

Custódio, ex-treinador do SC Braga.

HUGO DELGADO

Treinador apresentou a demissão após a derrota dos minhotos frente ao Rio Ave por 4-3.

Custódio Castro apresentou a demissão do cargo de treinador do Sporting de Braga, revelou hoje o clube minhoto, quarto classificado da I Liga de futebol.

Custódio Castro assumiu o comando da equipa principal no início de março, substituindo no cargo Rúben Amorim (contratado pelo Sporting), tendo orientado os minhotos em seis partidas, com um saldo negativo de três derrotas, duas vitórias e um empate.

"Os erros não têm consequências para os árbitros nem para quem os lidera, mas têm consequências para as equipas, para os dirigentes, para os treinadores, para os jogadores e para os sócios e adeptos. A frustração sentida pelo clube e pelos seus responsáveis contribui para um clima de grande adversidade e favoreceu, não tenhamos dúvida, a decisão comunicada por Custódio Castro de deixar o comando técnico da equipa do Sporting de Braga", lê-se num comunicado de hoje assinado pelo seu presidente, António Salvador.

A "posição inamovível" do treinador "coloca um desafio acrescido ao clube para a fase final da temporada, mas é reflexo de um ambiente de contrariedade que em grande parte é provocado por erros externos que não são admissíveis nem desculpáveis".

O Sporting de Braga perdeu, na terça-feira, com o Rio Ave, 4-3, na 29.ª jornada da I Liga.

  • 2:34