Desporto

Do filho da casa ao treinador estreante. Tudo a postos para a Taça de Portugal

FC Porto venceu o Benfica por duas vezes durante a temporada, mas encarnados venceram sete das oito finais contra os dragões.

A 80ª edição da final da Taça de Portugal, fica marcada pelo clássico entre o FC Porto e o Benfica, duas equipas que se voltam a encontrar na final da competição dezasseis anos depois.

Os campeões nacionais procuram a dobradinha que foge desde 2011, apesar da desvantagem em finais contra o Benfica. No entanto, as duas vitórias para o campeonato frente aos eternos rivais poderão ter peso psicológico nos jogadores.

Na equipa dos dragões Uribe e Luiz Diaz estão em dúvida, e Sérgio Conceição já sabe que não poderá contar com Marcano.

Coimbra, palco do jogo da final, é a cidade onde o treinador do FC Porto nasceu e começou a dar os primeiros pontapés na bola.

A SIC encontrou alguns colegas de Sérgio Conceição e recordam um "miúdo humilde, determinado e com força acima da média para a idade".

Benfica é o recordista da competição com 26 conquistas

Do lado do Benfica, que realizou um estágio em Óbidos durante a semana, a equipa diz-se preparada para enfrentar o FC Porto e que tem a "cabeça limpa" relativamente às duas derrotas frente aos dragões para o campeonato.

Sem revelar detalhes para o encontro, Rúben Dias diz que o fator surpresa pode ser a vantagem do Benfica.

Samaris e Grimaldo estão em dúvida para o jogo.

Nélson Veríssimo chegou ao Benfica para substituir Bruno Lage, realizou cinco jogos como treinador principal e terá o desafio de vencer a Final da Taça.

O treinador já sabe que não vai continuar no lugar que ocupa, que será preenchido por Jorge Jesus, mas quem o conhece bem diz que Veríssimo vai ter um grande futuro como treinador principal.