Desporto

Clubes de futebol aprovam declaração conjunta a pedir regresso do público aos estádios

Coro infantil e juvenil ensaia nas bancadas do Estádio Olímpico de Berlim, Alemanha

Hannibal Hanschke

Decisão tomada na Assembleia-geral da Liga de Clubes.

Os clubes da primeira e segunda Ligas aprovaram esta quarta-feira por unanimidade uma declaração conjunta em que pedem o regresso imediato do público aos estádios.

Os clubes do futebol profissional dizem estar a ser discriminados em relação a outras atividades económicas e esperam, por isso, que Governo e autoridades de saúde permitam que os adeptos possam voltar a estar nas bancadas.

Para fazer face à pandemia, na Assembleia-geral de hoje, a Liga decidiu aumentar o número de jogadores que cada clube pode inscrever.

Na reunião, foi ainda aprovado o relatório e contas de 2019/2020, que teve um saldo positivo de 1,2 milhões de euros.

Santa Clara - Gil Vicente vai ser o primeiro jogo com público

O jogo Santa Clara - Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da época a ter público no estádio devido às restrições da covid-19.

"A Santa Clara Açores, Futebol SAD e a Liga Portugal informam que o jogo Santa Clara - Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, terá público nas bancadas, o que acontece pela primeira vez no futebol profissional desde março e funcionará como jogo-piloto", assinala o clube açoriano em nota de imprensa.

A permissão de público no estádio de São Miguel surge após a Liga ter sugerido à Direção Regional da Saúde dos Açores (DRS) que aplicasse aos encontros do Santa Clara as normas regionais, que permitem a presença de público em eventos desportivos.