Desporto

França vence Ucrânia por 7-1 na Liga das Nações

Francois Mori

A equipa francesa é o próximo adversário de Portugal.

A França, próximo adversário de Portugal na Liga das Nações de futebol, 'cilindrou' esta quarta-feira a Ucrânia por 7-1, enquanto a Alemanha empatou 3-3 com a Turquia, com o benfiquista Waldschmidt a estrear-se a marcar.

A goleada dos gauleses perante uma seleção forte como a Ucrânia, começou a ser construída logo aos nove minutos, com um golo do jovem francês nascido em Angola, Eduardo Camavinga, de apenas 17 anos.

A França chegou ao intervalo a vencer por 4-0, com um 'bis' de Olivier Giroud, que com tentos aos 24 e 34 minutos do seu 100.º jogo pelos 'bleus', igualou os 42 golos de Michel Platini, ficando apenas atrás dos 51 de Thierry Henry, e um autogolo de médio ucraniano Vitali Mykolenko.

Na segunda parte, os ucranianos ainda reduziram para 4-1, aos 53 minutos, por Viktor Tsygankov, mas o 'cilindro compressor' dos gauleses continuou a fazer estragos na defesa ucraniana, que viria a encaixar mais três golos.

O médio Corentin Tolisso 'assinou' o 5-1, aos 65 minutos, Kylian Mbappé, lançado em campo após o intervalo para o lugar de Anthony Martial, fez o 6-1, aos 82, e Antoine Griezmann, que rendeu Houssem Aouar aos 59, fechou o resultado, aos 89.

De recordar que a seleção portuguesa, que hoje empatou sem golos frente à Espanha, vai defrontar precisamente a França, no domingo, em jogo da terceira jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

A Croácia, outra seleção que integra o grupo, foi à Suíça vencer por 2-1, mas esteve a perder, por culpa de um golo de Mario Gravanovic, aos 31 minutos. Deu a volta ao marcador com golos de Josip Brakalo, aos 42, e Mário Pasalic, aos 67.

De destacar, em dia preenchido por jogos particulares de seleções, o empate da Alemanha em casa a três golos perante a Turquia, com os germânicos a estarem sempre na dianteira do marcador e os turcos a ripostarem sempre.

Julian Draxler abriu o marcador à beira do intervalo, aos 45+1, Ozan Tufan anulou essa vantagem logo aos 50 minutos, Florian Neuhaus recolocou os alemães na frente, aos 58, e a Turquia voltou a empatar aos 67, por Efecan Karaca.

O benfiquista Gian-Luca Waldschmidt, que não só foi titular como jogou os 90 minutos, só não deu a vitória à Alemanha com o seu golo, primeiro pela 'Mannschaft', aos 81, porque os turcos, mais uma vez, restabeleceram o empate, a três golos, resultado final, aos 90+4, por Kenan Karaman.

A Alemanha, tal como a França, é adversária de Portugal na fase final do Europeu de 2020, que transitou para 2021.

Saliente-se ainda o triunfo fora do México frente à 'laranja mecânica', que estreou Frank De Boer, por 1-0, graças ao golo do ex-benfiquista e atual ponta de lança do Wolverhampton, Raul Jiménez, de penálti, que tinha sido cometido sobre o próprio.

Por seu lado, Cabo Verde ganhou em Andorra, por 2-1, com destaque para o avançado Ryan Mendes, do Al Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, autor dos dois golos cabo-verdianos.

Noutros jogos particulares, a Itália recebeu e goleou a Moldávia por 6-1, a Polónia 'despachou' a Finlândia com um pesado 5-1, a Áustria bateu a Grécia, em casa, por 2-1, a Dinamarca goleou na receção às Ilhas Faroé por 4-0, e Chipre não resistiu na receção à República Checa e perdeu por 2-1.

Num embate entre países bálticos, a Lituânia foi à Estónia vencer por 3-1, enquanto a Letónia, outro país báltico, foi empatar a um golo ao Montenegro, e o Luxemburgo saiu derrotado em casa, pelo Liechtenstein, por 2-1.