Desporto

Seleção nacional empata a zeros com Espanha

MÁRIO CRUZ

2.500 adeptos assistiram ao jogo no Estádio de Alvalade, em Lisboa.

A seleção nacional empatou esta quarta-feira a zeros com Espanha, num jogo de preparação para a Liga das Nações.

O 40.º embate entre as duas equipas teve oportunidades de golo para os dois conjuntos, sendo que, na segunda metade, Portugal acertou duas vezes na barra, por Cristiano Ronaldo e Renato Sanches.

Depois do confronto ibérico, os campeões europeus defrontam a França, no domingo, no Stade de France, e recebem a Suécia, no dia 14, novamente na casa do Sporting.

"Não é esta a seleção portuguesa que eu quero", diz Fernando Santos

Rúben Neves reconheceu que foi importante voltar a sentir o apoio dos adeptos nas bancadas.

Em relação ao jogo, Fernando Santos apontou erros na primeira parte, mas destacou a entrega dos jogadores e as melhorias na segunda.

Estádio de Alvalade recebeu adeptos

O jogo teve como palco o Estádio de Alvalade, em Lisboa, que recebeu 2.500 adeptos.

As regras incluem a identificação dos adeptos, distanciamento físico e uso permanente de máscara. No jogo da Liga das Nações entre Portugal e a Suécia está autorizada a ocupação de 10% da lotação do estádio de Alvalade.

Pepe ultrapassa Couto e é o defesa luso mais internacional

O central Pepe tornou-se esta quarta-feira o defesa mais internacional de sempre da seleção portuguesa de futebol, ultrapassando Fernando Couto, no particular frente à Espanha, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

O jogador de 37 anos, do FC Porto, chegou às 111 internacionalizações 'AA' e ultrapassou a marca de 110 de Fernando Couto, passando a ser o defesa que mais vezes vestiu a camisola da seleção de Portugal em toda a sua história.

Além deste 'título', Pepe isolou-se no quinto lugar dos mais internacionais da história da seleção nacional, ficando apenas atrás de Cristiano Ronaldo (166), Luís Figo (127 e já retirado), João Moutinho (124) e Nani (112).