Desporto

Fernando Gomes felicita Jorge Fonseca pela medalha de ouro nos Mundiais de judo

ATTILA KISBENEDEK

O Presidente da Federação Portuguesa de Futebol considera que a revalidação do título "é mais uma prova da enorme capacidade e imenso talento que temos entre nós".

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), felicitou esta sexta-feira o judoca português Jorge Fonseca pela conquista da medalha de ouro nos Mundiais de judo.

"É com um sentimento de orgulho que felicito o judoca Jorge Fonseca pela conquista da medalha de ouro nos Campeonatos Mundiais da modalidade", escreveu Fernando Gomes no site da FPF, destacando o facto de os "atletas portugueses, nas mais diversas especialidades, a nível individual ou coletivo, continuam a dignificar o desporto nacional e a elevar bem alto o nome do nosso país".

Para Fernando Gomes, a revalidação do título mundial de Jorge Fonseca "é mais uma prova da enorme capacidade e imenso talento que temos entre nós", mas não se esqueceu de Anri Egutidze, que alcançou a medalha de bronze na sua categoria nestes Mundiais de judo, e a quem estendeu o seu "reconhecimento e gratidão".

Jorge Fonseca sagrou-se esta sexta-feira bicampeão mundial de judo em -100 kg, ao vencer na final dos Mundiais, a decorrem na Arena Laszlo Papp, em Budapeste, o sérvio Aleksandar Kukolj, por ippon - termo utilizado em competições de artes marciais japonesas que identifica um golpe "perfeito".

Jorge Fonseca revalidou o título mundial que tinha conquistado em agosto de 2019, em Tóquio, o primeiro da história do judo português, então frente ao russo Niyaz Ilyasov.

Esta sexta-feira, nos Mundiais, a pouco mais de um mês dos Jogos Olímpicos de Tóquio2020, Jorge Fonseca voltou a ter um dia perfeito para chegar ao ouro, após vencer o uzbeque Muzaffarbek Turoboyev (45.º), o canadiano Kyle Reyes (26.º), o georgiano Ília Sulamanidze (31.º), o holandês Michael Korrel (3.º) e o sérvio Kukolj (54.º).