Desporto

O relato da jovem que acusa Rúben Semedo de violação

O jogador português Rúben Semedo deixa o gabinete do procurador grego, em Atenas, depois de ter sido detido por suspeitas de violação de uma menor de idade.

Costas Baltas

Futebolista português foi detido esta segunda-feira na sua residência em Glyfada, nos arredores de Atenas. Está acusado de violar uma rapariga de 17 anos.

O futebolista português Rúben Semedo foi detido esta segunda-feira na sua residência em Glyfada, nos arredores de Atenas, acusado de violar uma rapariga de 17 anos, cujo testemunho dos acontecimentos foi divulgado pela imprensa grega.

De acordo com o jornal dikastikoreportaz, a jovem prestou depoimento na Sala de Exame de Justiça Juvenil da sub-direção de Proteção de Menores, na presença de uma psicóloga, onde contou a sua versão dos factos e afirma ter sido violada pelo jogador e por um outro homem de 40 anos.

O testemunho

A jovem terá dito às autoridades que conheceu Rúben Semedo num bar na cidade de Oropo, alegando que o jogador a embebedou e levou-a para sua casa, onde terá consumado a alegada violação.

"Por ter consumido uma grande quantidade de álcool, fui para um dos quartos da casa [de Rúben Semedo] e adormeci. Pouco depois, o segundo arguido [o homem de 40 anos] entrou e, aproveitando-se da minha situação, obrigou-me a ter relações sexuais”, contou a menor.

Pouco depois de sair, o Semedo entrou na mesma sala, trancou a porta e obrigou-me a ter relações sexuais", afirmou.

O relato da jovem é confirmado por uma amiga de 16 anos, testemunha no processo, com quem esteve nessa noite.

Menor foi submetida a exames médicos

O jornal grego adianta ainda que a jovem foi submetida a exames médicos e de ADN e que a mãe entregou as roupas usadas pela menor às autoridades, que já estão também na posse do seu telemóvel.

O advogado do defesa central, Stavros Georgopoulos, negou que tenha ocorrido qualquer crime.

"O meu cliente nega a acusação", disse o advogado aos meios de comunicação locais, segundo a agência EFE, acrescentando que o seu cliente acreditava que a rapariga tinha 19 anos e que irá apresentar provas de que as acusações são infundadas.

Durante a manhã, Rúben Semedo esteve a prestar declarações perante um procurador do Ministério Público grego, mas voltou para a prisão, onde vai passar a segunda noite.

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros