Desporto

Mãe de criança autista acusa Cristiano Ronaldo de agressão

Mãe de criança autista acusa Cristiano Ronaldo de agressão

Em causa, a atitude do futebolista português em destruir um telemóvel de um adepto.

Sarah Kelly, mãe do adepto que viu o seu telemóvel ser destruído por Cristiano Ronaldo, disse ao jornal britânico, Liverpool Echo, que o seu filho foi magoado na mão pelo português.

Pode-se ver pelo hematoma na mão que houve contato. (…) Jake estava completamente em choque, ele é autista e tem dispraxia, ele não percebeu o que aconteceu realmente até chegar a casa”, disse Kelly.

Sarah Kelly explicou que o jovem adepto estava simplesmente a filmar todos os jogadores do Manchester United enquanto abandonavam o relvado, e que Jake “baixou o telemóvel porque Cristiano Ronaldo tinha puxado a meia para baixo e que tinha a perna a sangrar (…) ele baixou o telemóvel para ver o que era, ele nem falou”.

“Ronaldo simplesmente passou, com um temperamento terrível, esmagou o telemóvel na mão do meu filho e continuou a andar”, afirmou Sarah.

Kelly revelou que Jake tinha ido pela primeira vez a um jogo de futebol

“Ele é um menino autista e foi agredido por um jogador de futebol, é assim que eu vejo como mãe”, concluiu.

A polícia britânica anunciou que abriu uma investigação ao incidente de sábado no jogo entre o Everton e o Manchester United.

Cristiano Ronaldo também já fez um pedido de desculpas na rede social Instagram.

Veja também

Últimas Notícias
Mais Vistos