Desporto

Djokovic desiste do US Open por não estar vacinado contra a covid-19

Djokovic desiste do US Open por não estar vacinado contra a covid-19
Jurij Kodrun/Getty Imagens
É o quarto e último Grand Slam da temporada.

O tenista Novak Djokovic abdicou de participar no US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, visto que está impedido de entrar nos Estados Unidos, por não estar vacinado contra a covid-19, informou esta quinta-feira o jogador sérvio.

"Infelizmente, desta vez não poderei viajar para Nova Iorque para o US Open (...) Boa sorte aos meus colegas jogadores! Vou manter-me em boa forma, com um estado de espírito positivo e esperar para poder retomar a competição. Até breve, mundo do ténis", pode ler-se na conta pessoal de 'Nole', na rede social Twitter.

Djokovic, de 35 anos, que conquistou o seu 21.º título de 'Grand Slam' na última edição do torneio de Wimbledon, iria tentar igualar, em Nova Iorque, o recorde de 22 'majors' do espanhol Rafael Nadal.

Na última edição, em 2021, o sérvio esteve perto de vencer em Flushing Meadows pela pela quarta vez na carreira, mas perdeu na final para o russo Daniil Medvedev, depois de vencer o Australian Open, Roland-Garros e Wimbledon consecutivamente.

Este será o segundo 'major' que 'Djoko', atual sexto colocado do 'ranking', irá falhar na temporada, após ter sido deportado da Austrália na véspera do torneio, precisamente por não estar vacinado.

Últimas Notícias
Mais Vistos