Desporto

Cardiff City tem de pagar seis milhões de euros ao Nantes por Emiliano Sala

Cardiff City tem de pagar seis milhões de euros ao Nantes por Emiliano Sala
LOIC VENANCE

Tribunal Arbitral do Desporto confirma que clube galês tem de pagar pela transferência do jogador que morreu num acidente de avião.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) decidiu, esta sexta-feira, que o Cardiff City deve pagar seis milhões de euros ao Nantes pela transferência do futebolista Emiliano Sala, que faleceu e nunca chegou a jogar pelos galeses.

Em comunicado, o TAS justificou a nega do recurso do emblema galês por considerar que a transferência do avançado “ficou completa”, apesar de, pouco depois, o argentino ter morrido num acidente de avião, no Canal da Mancha, quando voava de Nantes para Cardiff.

“Depois de tomar em consideração todas as provas recolhidas e todos os argumentos apresentados por ambos clubes, o painel do TAS decidiu que a transferência do jogador do Nantes para o Cardiff foi completada", indica a nota do tribunal.

Após a morte do avançado argentino, em 21 de janeiro de 2019, o Cardiff City suspendeu o pagamento de uma primeira prestação de seis milhões de euros, de um valor total da transferência de 17,3, que tinha sido acordado antes do acidente.

O Nantes recorreu para a FIFA, que recomendou que os dois clubes chegassem a um acordo, algo que não se verificou e motivou a decisão anunciada em setembro pelo organismo regulador do futebol mundial.

Emiliano Sala morreu aos 28 anos, num acidente de avião, que desapareceu dos radares na noite de 21 de janeiro, sobre o Canal da Mancha, pouco tempo depois de se ter transferido do clube francês para o Cardiff, que então disputava a Liga inglesa.

O corpo do avançado argentino foi encontrado nos destroços do avião e recuperado em 7 de fevereiro, mais de duas semanas após o desaparecimento da aeronave, perto da ilha de Guernsey.

Últimas Notícias
Mais Vistos