Desporto

Portugal consegue duas pratas no Mundial sub-23 e juniores de canoagem

Portugal consegue duas pratas no Mundial sub-23 e juniores de canoagem
Facebook/Federação Portuguesa de Canoagem
São já três as medalhas que os atletas portugueses conquistaram.

A seleção portuguesa de canoagem somou este sábado duas medalhas de prata no Mundial sub-23 e juniores de canoagem, a decorrer até domingo em Szeged, na Hungria, subindo para três o número de pódios alcançados na competição.

No K2 500 metros júnior, uma distância olímpica, Gustavo Gonçalves e Pedro Casinha foram segundos classificados, atrás dos polacos Jakub Stepun e Bartosz Grabowski, que concluíram a distância com um tempo de 1.28,83 minutos, 32 centésimos mais rápidos do que os lusos.

Depois do bronze em C1 1.000 metros, Beatriz Fernandes conquistou este sábado nova medalha, desta feita a prata de C2 500 metros mistos, com Martim Azevedo.

A dupla lusa só foi batida, por 17 centésimos, pelos ucranianos Yaroslav Verbliud e Iryna Fedoriv, novos campeões do mundo de juniores.

Os três pódios configuram já o melhor resultado nacional de sempre nestes campeonatos, depois de duas medalhas em 2009, 2013 e 2021, e ainda podem chegar mais resultados de destaque para Portugal em Szeged no último dia de provas, no domingo.

Além das medalhas, nota para a vitória de João Duarte na final B do K1 1.000 metros sub-23, escalão no qual vários atletas se apuraram para finais A no domingo.

Portugal apresenta-se nos mundiais sub-23 e júnior com um recorde de 21 canoístas, que garantiram o direito de participação após os bons resultados nos Europeus da Sérvia, com 16 tripulações nas regatas de pódio.

Últimas Notícias
Mais Vistos