Desporto

“Está a ficar um mundo de malucos”: Fernando Santos reage ao ataque à família de Conceição

Loading...
Selecionador português de futebol fala em “atos são completamente reprováveis" e defende que "quem os fez deve ser castigado”.

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, repudiou, esta quinta-feira, o ataque ao carro da família do treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, ocorrido na terça-feira, considerando que o episódio traz uma "má imagem" para a sociedade.

“Uma má imagem para tudo, não só para o futebol, mas para a sociedade portuguesa. Estas coisas não podem acontecer, está a ficar um mundo de malucos. Tenho uma relação de amizade com ele e já tive oportunidade de estar com ele pessoalmente. Estes atos são completamente reprováveis e quem os fez deve ser castigado”, lamentou o técnico, em conferência de imprensa.

O incidente ocorreu após a derrota com o Club Brugge (4-0), para a segunda jornada Liga dos Campeões, com os dragões a repudiarem igualmente o ataque ao veículo e a visarem “a falta de proteção das autoridades”.

Em causa está o apedrejamento à viatura em que seguiam a mulher do treinador dos dragões, Liliana Conceição, e dois dos filhos, Rodrigo, de 22 anos, que esteve no banco do jogo com os belgas, e José, de sete, e que provocou o pânico nos ocupantes e alguns vidros partidos.

O incidente foi comunicado à PSP do Porto, que tomou nota de uma “tentativa de apedrejamento” na noite de terça-feira a uma viatura à saída do Estádio do Dragão, que, de acordo com fonte contactada pela agência Lusa, será alvo de diligências.

Últimas Notícias
Mais Vistos