Desporto

Miguel Oliveira em quinto no GP do Japão de MotoGP

Miguel Oliveira em quinto no GP do Japão de MotoGP
KIMIMASA MAYAMA

Prova foi vencida pelo piloto australiano Jack Miller (Ducati).

O piloto australiano Jack Miller (Ducati) conquistou hoje a primeira vitória da temporada ao vencer o Grande Prémio do Japão de MotoGP, uma prova em que Miguel Oliveira (KTM) foi o quinto classificado.

O piloto português, que partira do oitavo lugar da grelha, concluiu as 24 voltas ao traçado nipónico de Motegi a 8,185 segundos do vencedor, que deixou o sul-africano Brad Binder (KTM) no segundo lugar, a 3,409 segundos, com o espanhol Jorge Martin (Ducati) a fechar os lugares do pódio, a 4,136.

Miguel Oliveira fez um bom arranque, que lhe permitiu ganhar quatro posições, seguindo na roda de Miller, que saltou de sétimo para terceiro. O australiano viria a chegar à liderança pouco depois, fazendo uma corrida à parte dos restantes adversários.

Já o piloto luso da KTM ainda conseguiu rodar quatro voltas nos lugares do pódio, depois de ter ultrapassado Binder na quarta volta. No entanto, o sul-africano devolveu a manobra a 16 voltas do final.

A partir daí, o piloto português de 27 anos manteve um duelo aceso com o espanhol Marc Márquez (Honda), que acabaria por ultrapassar Oliveira a três voltas da bandeirada de xadrez.

Miguel Oliveira ainda viu o italiano Luca Marini (Ducati) atacar o seu quinto lugar na última volta da corrida, mas o piloto português conseguiu devolver a ultrapassagem e garantir o segundo melhor resultado da temporada, igualando o quinto lugar do GP de Portugal e apenas atrás da vitória conquistada no GP da Indonésia.

O francês Fábio Quartararo (Yamaha), líder do Mundial, teve uma prova sofrida, não indo além do oitavo posto final, depois de largar da nona posição.

Ainda assim, o atual campeão mundial ganhou terreno à concorrência, pois viu o segundo classificado do campeonato, o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) cair na última volta, quando era nono.

Já o espanhol Aleix Espargaró sentiu problemas mecânicos na sua Aprilia na volta de aquecimento e ainda foi às boxes trocar de mota, arrancando do pit lane. Espargaró só conseguiu recuperar até à 16.ª posição, falhando a entrada num dos lugares pontuáveis.

Com estes resultados, Quartararo aumentou de 10 para 18 os pontos de vantagem para Bagnaia, com Espargaró a ser terceiro, a 25.

Miguel Oliveira mantém o 11.º lugar do campeonato, com 106 pontos, a apenas dois do 10.º lugar do espanhol Alex Rins (Suzuki), que desistiu.

Esta foi a 10.ª vitória na carreira de Miller, quarta em MotoGP. O australiano não vencia desde o GP de França de 2021.

A próxima corrida é o GP da Tailândia, no domingo, 17.ª ronda do campeonato.


Últimas Notícias
Mais Vistos