Desporto

A duas corridas do fim da temporada Miguel Oliveira assume vontade de atingir "mais um pódio"

A duas corridas do fim da temporada Miguel Oliveira assume vontade de atingir "mais um pódio"
DeFodi Images

Piloto português ocupa a 10º posição da geral, a dois pontos do oitavo lugar.

O português Miguel Oliveira (KTM) admitiu esta quinta-feira que gostava de terminar a temporada de MotoGP com "pelo menos mais um pódio" numa das duas corridas que faltam disputar, a começar pelo Grande Prémio da Malásia deste fim de semana.

Em declarações difundidas pela sua assessoria de imprensa, Miguel Oliveira mostrou-se confiante que estará "competitivo" na corrida a disputar no domingo, na Malásia.

"É uma pista de que gosto bastante. Com a mota de MotoGP sempre me encontrei logo muito bem com o traçado e, por isso, acho que é um fim de semana onde conseguiremos ter uma mota competitiva desde base e começar o fim de semana com o pé direito", frisou o piloto luso.

Oliveira ainda não competiu no circuito de Sepang na categoria rainha, pois em 2019 falhou a corrida devido a uma lesão no ombro direito e, nos dois anos seguintes, o campeonato não foi àquele país asiático devido à pandemia de covid-19. Ainda assim, o piloto natural de Almada sublinha que a qualificação será importante para conseguir um bom resultado na corrida.

"Os períodos da manhã serão mais propícios a conseguirmos fazer um bom tempo, sobretudo sábado de manhã, onde já teremos a pista limpa e com bastante borracha. À partida, será o treino com maior velocidade antes da qualificação. Será importante estarmos logo entre os 10 primeiros nos treinos livres e qualificarmo-nos bem para a corrida, pois aqui a posição de saída é importante", frisou.

Depois de duas vitórias conquistadas esta temporada, na Indonésia e na Tailândia, Oliveira espera voltar a subir ao pódio.

"Há 50 pontos para conquistar, seria o máximo objetivo. Para mim, pessoalmente, terminar a época com mais um pódio seria positivo", revelou.

Miguel Oliveira até já venceu por duas vezes em Sepang, mas em Moto3 (2015) e em Moto2 (2017). Por isso, diz acreditar que será "competitivo" ao longo do fim de semana.

O GP da Malásia de MotoGP é a 19.ª e penúltima prova do Mundial de velocidade em motociclismo. O italiano Francesco Baganaia (Ducati) chega na liderança, com 14 pontos de vantagem sobre o francês Fabio Quartararo (Yamaha), depois de ter alcançado o primeiro lugar do campeonato na ronda anterior, na Austrália.

Miguel Oliveira ocupa atualmente o 10º lugar da competição

'Pecco' Baganaia pode mesmo sagrar-se campeão na Malásia, se conquistar 11 pontos ao gaulês, atual campeão em título, e terminar à frente do espanhol Aleix Espargaró (Aprilia) e do italiano Enea Bastianini (Ducati).

Miguel Oliveira é, atualmente, 10.º classificado, com 135 pontos, a dois do oitavo lugar.

Últimas Notícias
Mais Vistos