Economia

Passos recusa comentar vigilância de Bruxelas

Passos recusa comentar vigilância de Bruxelas

O primeiro-ministro não quis comentar esta tarde a decisão de Bruxelas de colocar Portugal sob vigilância apertada. A Comissão Europeia anunciou hoje que, no quadro das análises feitas no contexto do semestre económico, decidiu colocar cinco Estados-membros, entre os quais Portugal, sob "monitorização específica", por desequilíbrios económicos excessivos.