Economia

"Se a UE não gostar, continuaremos o nosso caminho"

"Se a UE não gostar, continuaremos o nosso caminho"

O ministro do Interior de Itália, Matteo Salvini, garante que o Executivo não vai mexer uma linha do Orçamento, o mesmo que foi rejeitado pela Comissão Europeia por prever um aumento do défice e um crescimento económico "demasiado otimista".