Economia

Construtor Fiat Chrysler chama à oficina 1,6 milhões de veículos para substituir airbags

(Arquivo)

Rebecca Cook

Esta chamada é mais uma da larga série de recolhas na história dos Estados Unidos da América.

O grupo automóvel Fiat Chrysler mandou recolher à oficina mais de 1,6 milhões de veículos em todo o mundo para substituir os 'airbags' frontais do fornecedor japonês Takata que apresentam defeitos perigosos.

Os airbags da Takata, cujos defeitos levaram a empresa à falência, podem explodir com muita força, causando ferimentos ou a morte em condutores e passageiros, como já aconteceu.

Os veículos chamados foram produzidos entre 2010 e 2016 e são o Jeep Wrangler SUV, o RAM pickup, o 4500/5500 Cashis Cat Truck, Dodge Dakota Pickup, Dodge Challanger Muscle Car, Dodge Charger sedan e o Chrysler 300 sedan.

Esta chamada é mais uma da larga série de recolhas na história dos Estados Unidos da América.

Cerca de dez milhões de 'airbags' já foram substituídos, por marcas como a Fiat, Toyota, Ford e Honda

Lusa

  • Um telemóvel com uma câmara diferente
    4:41