Economia

Motoristas de matérias perigosas recuam na paz social e anunciam greve

Motoristas de matérias perigosas recuam na paz social e anunciam greve

Patrões e sindicato estiveram reunidos na terça-feira.

Depois do aparente acordo entre patrões e sindicato, os motoristas de matérias perigosas entregaram esta quinta-feira um pré-aviso de greve. A ATRAM disse que o salário acordado era de 700 euros, mas o sindicato fala em 1.010 euros.