Economia

Berardo culpa bancos pelo desfecho ruinoso dos empréstimos que lhe concederam

Depois do "dono disto tudo", há agora um "dono de nada disto".

O nome assenta a Joe Berardo, depois das declarações que fez esta sexta-feira na comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos. Uma audição insólita onde o empresário madeirense afirmou que não tem dívidas nem património, e culpou os próprios bancos pelo desfecho ruinoso dos empréstimos que lhe concederam.