Economia

Centeno reconhece que Costa não foi informado sobre pagamento ao Novo Banco

O ministro das Finanças diz que houve uma falha de comunicação.

O ministro das Finanças admite que houve uma falha de comunicação com o primeiro-ministro sobre o novo pagamento de 850 milhões de euros ao Novo Banco, mas garante que se limitou a cumprir o contrato que obrigava o Estado a fazer a transferência até 6 de maio.

Caso o prazo não fosse cumprido, o Estado entraria em incumprimento com os americanos Lone Star, donos do banco.

À SIC, fontes do Governo dizem que, numa altura em que boa parte do Executivo se encontra em teletrabalho, houve de facto uma falha de comunicação entre gabinetes, mas outras fontes garantem que tudo resulta de um problema na relação entre os dois.