Economia

António Costa considera que PCP e Verdes "não fizeram avaliação correta" do Orçamento Suplementar

Os partidos votaram contra o orçamento no Parlamento.

O primeiro-ministro, António Costa, disse que o PCP e os Verdes "não fizeram uma avaliação correta" do Orçamento Suplementar, uma vez que votaram contra no Parlamento.

Ainda assim, António Costa disse que nada muda nas negociações à esquerda.

"Este voto não compromete em nada o diálogo que temos mantido", garantiu o primeiro-ministro.

Orçamento Suplementar. Os votos a favor, contra e as abstenções

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) aponta "riscos orçamentais consideráveis" no Orçamento do Estado Suplementar para 2020, considerando que tem "uma perspetiva aparentemente otimista" para o Produto Interno Bruto (PIB) real, consumo privado e taxa de desemprego.

"O cenário macroeconómico subjacente à PAOE/2020 [Proposta de Lei de Revisão do Orçamento do Estado para 2020] - que não foi sujeito à apreciação prévia por parte do CFP - representa riscos orçamentais consideráveis. Tal deve-se ao facto de ter uma perspetiva aparentemente otimista quando comparada com as outras previsões oficiais mais recentes para 2020 em importantes agregados macroeconómicos, designadamente para o PIB real, para o consumo privado e para a taxa de desemprego", sustenta o conselho numa análise publicada esta quarta-feira.