Economia

Novo modelo de lay-off reforça salários dos trabalhadores

E também apoia as empresas que reduzam os horários.

No início do mês de agosto, o lay-off simplificado passa a estar disponível apenas para empresas que estejam fechadas por imposição do Governo, como os bares e as discotecas.

As empresas com uma quebra de faturação igual ou acima de 75% vão ter um apoio extraordinário.

Este novo modelo apoia empresas que reduzam o horário dos trabalhadores e não as que suspendam os contratos. Traz mais custos para os patrões, uma vez que reforça os salários dos trabalhadores.

O Governo aprovou esta segunda-feira o novo modelo de lay-off.