Economia

"Lobo Solitário" torna-se na pessoa mais rica da China

WEIBO

A sua fortuna aumentou mais do que qualquer outra pessoa no mundo, exceto Jeff Bezos e Elon Musk.

Um magnata chinês dono de uma firma de água engarrafada e um fabricante de vacinas tornou-se a pessoa mais rica da China, num dia marcado por grandes perdas em bolsa no setor da tecnologia.

O património líquido de Zhong Shanshan atingiu os 58,7 mil milhões de dólares (50,3 mil milhões de euros) e superou em dois mil milhões (1,7 mil milhões de euros) Jack Ma, segundo o índice Bloomberg Billionaires Index.

Zhong é agora a segunda pessoa mais rica na Ásia, atrás apenas de Mukesh Ambani, da Índia, e a 17.ª pessoa mais rica do mundo.

Apelidado de "Lobo Solitário" pela sua abstenção da política e grupos empresariais, a fortuna de Zhong aumentou 51,9 mil milhões de dólares (44,5 mil milhões de euros), em 2020, mais do que qualquer outra pessoa no mundo, exceto Jeff Bezos, o dono da Amazon.com, e Elon Musk, dono da Tesla.

Ambos sofreram grandes perdas na quarta-feira, com as ações de tecnologia a registarem grandes quedas.

A oferta pública inicial da empresa de água engarrafada Nongfu Spring Co colocou Zhong entre os três mais ricos da China no início deste mês.

Isto já depois de a entrada em bolsa da fabricante de vacinas Beijing Wantai Biological Pharmacy Enterprise Co. ter aumentado o seu património líquido para 20 mil milhões de dólares (17 mil milhões de euros), no início de agosto.

Zhong lidera agora o 'ranking' dos mais ricos na China, habitualmente dominado por empresários do setor da tecnologia.