Economia

Fundo de Recuperação deverá entrar em vigor em janeiro, mas Alemanha alerta para atrasos

Correspondente SIC

Costa quer que Bruxelas prolongue a flexibilidade nas ajudas de Estado.

António Costa disse esta quinta-feira em Bruxelas, no Conselho Europeu, que é urgente aprovar o próximo orçamento comunitário e ratificar o fundo de recuperação.

Porém, as negociações entre estados membros e o Parlamento Europeu ainda não têm fim à vista e a presidência alemã da União Europeia alertou, esta semana, para atrasos com consequências na recuperação económica.