Economia

Plano de restruturação da TAP prevê a saída de mais de 2 mil trabalhadores 

PSD já reagiu e criticou o Governo pelas decisões tomadas.  

O plano de reestruturação da TAP implica a saída de mais dois mil trabalhadores e uma redução da frota em 20 aviões.

Os detalhes só vão ser apresentados esta sexta-feira à tarde aos sindicatos que receiam que estes cortes ponham em causa a viabilidade da empresa. O PSD já reagiu, diz que este é o resultado dos erros cometidos pelo Governo.

O plano tem de ser entregue em Bruxelas até ao dia 10 de dezembro.