Economia

TAP e Groundforce chegam a acordo. SIC foi investigar o passado da empresa de handling

Alfredo Casimiro já ganhou mais do que pagou pelas ações que lhe dão o controlo da empresa.

Foram pagos esta sexta-feira os salários em falta dos 2.400 trabalhadores da Groundforce. A maioria dos administradores votou a favor da proposta da TAP, derrotando o maior acionista.

O Conselho de Administração da empresa esteve reunido durante longas horas. Alfredo Casimiro não aceitou a proposta avançada pela TAP, mesmo depois de ter confirmado a intenção publicamente.

A aprovação da proposta da TAP foi possível porque o presidente da Comissão Executiva, Paulo Leite, votou a favor.

A injeção de sete milhões de euros permite a empresa laborar nos proximos dois meses, enquanto finaliza uma solução futura.

A SIC foi investigar o passado da Groundforce e descobriu que Alfredo Casimiro já ganhou mais do que pagou pelas ações que lhe dão o controlo da empresa.

Veja também:

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros