Economia

Siza Vieira garante que Governo está empenhado em encontrar uma solução para a Dielmar

Ministro da Economia diz que não vai ser injetado mais dinheiro na Dielmar, mas que Governo está empenhado em salvaguardar empregos.

A empresa de vestuário Dielmar, com sede em Alcains, Castelo Branco, pediu a insolvência ao fim de 56 anos de atividade, uma decisão que a administração atribui aos efeitos da pandemia de covid-19.

Em comunicado, a administração diz que a empresa "após ter ultrapassado várias crises durante 56 anos", sucumbiu à pandemia da covid-19, "contaminada por um conjunto de situações que foram letais".

O Estado detém 30% da Dielmar. O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, diz que não vai ser injetado mais dinheiro na empresa, mas garante que o Governo está empenhado em encontrar uma solução.

Veja também: