Economia

Autoeuropa recomeça produção na próxima semana e vai recorrer ao apoio à retoma previsto pelo Governo

A fábrica parou a produção em agosto por causa da falta de semicondutores.

A Autoeuropa vai retomar a produção no início da próxima semana e irá recorrer ao apoio à retoma previsto pelo Governo. A fábrica parou a produção em agosto por causa da falta de semicondutores.

É uma das peças mais importantes no desenvolvimento de um automóvel e, a falta de fornecimento deste componente obrigou a fábrica de Palmela, no distrito de Setúbal, a fechar as portas mais do que uma vez.

A escassez de semicondutores deve-se às medidas confinamento na Ásia, que afetaram a exportação. Por causa disso as linhas de produção da maior fábrica automóvel do país estiveram paradas e só irão retomar a atividade na próxima segunda-feira.

Ainda assim, podem existir novas paragens. Um cenário que poderá vir a ter impacto no salário dos trabalhadores. Com mais de cinco mil trabalhadores nos quadros, a Autoeuropa recorreu a um apoio do Estado para garantir o pagamento dos salários.