Economia

Técnico e Beta-i entram em consórcio europeu de investigação sobre aviação verde

O Instituto Superior Técnico e a consultora de inovação Beta-i são as entidades nacionais que participarão no projeto a arrancar em janeiro de 2022 e que se prolongará até 2025

A Beta-i e o Instituto Superior Técnico foram as duas instituições portuguesas escolhidas para entrar no consórcio de 29 parceiros de investigação em projetos na área da descarbonização aeroportuária, anuncia a consultora de inovação em comunicado divulgado esta quarta-feira.

O consórcio europeu TULIPS é liderado pelo Royal Schiphol Group - gestora aeroportuária holandesa detida maioritariamente pelo estado dos Países Baixos - e conta com financiamento de 25 milhões de euros da Comissão Europeia. Os projetos do consórcio arrancam em janeiro de 2022 e prolongam-se até 2025.

O consórcio já conta com 17 propostas de projetos de sustentabilidade a serem testados em aeroportos como o de Schiphol em Amesterdão, Países Baixos; Oslo, na Noruega; Turim, em Itália; e o de Larnaca, em Chipre.

"O projeto TULIPS estará focado em acelerar a sustentabilidade no mercado de aviação, contribuindo para aeroportos sem emissões e resíduos até 2030 e para um sector neutro para o clima até 2050", explica a Beta-i em comunicado.

"Ao longo de três anos, a parceria centrar-se-á em vários aspetos, tais como a redução ou eliminação de emissões de veículos utilizando a propulsão a hidrogénio, o teste a instalações para recarga de aviões com eletricidade ou hidrogénio, a otimização do fornecimento em grande escala de combustível de aviação sustentável (SAF) e na melhoria da utilização circular de materiais. Para isto, serão também examinadas as viagens dos passageiros e a respetiva carga, de forma a propor soluções multimodais", detalha a consultora.

O consórcio TULIPS, além da Beta-i e do Instituto Superior Técnico, é composto pelo Royal Schiphol Group, Aeroporto de Oslo, SINTEF AS, SINTEF Energi AS, Aeroporto de Larnaca, Catalink Ltd, Aeroporto de Turin, Instituto Politécnico de Turim, Egis Villes et Transports SAS, Excess Materials Exchange, Fraunhofer Gesellschaft, Companhia KLM Royal Dutch, KLM Equipment Services, Universidade Metropolitana de Manchester, Mobility Concept, Centro Aeroespacial Holandês (NLR), Nouryon Industrial Chemicals, Pipistrel Vertical Solutions, Porto de Amsterdam, SKYNRG, a Organização Holandesa de Investigação Científica Aplicada (TNO), TU Delft, Universidade de Antuérpia, BAM Infraconsult, Ballard Power Systems Europe, DHL Global Forwarding Netherlands e Zepp.

  • 2:29