Economia

Oito startups portuguesas estarão presentes numas das maiores feiras de tecnologia da Europa

Oito startups portuguesas estarão presentes numas das maiores feiras de tecnologia da Europa

Vivatech vai decorrer de 15 a 18 de junho em Paris

Oito startups portuguesas viajam até Paris em junho para participar numa competição organizada pela AICEP que acontece na Vivatech, uma das maiores feiras de tecnologia da Europa.

“É um evento importante porque até há muitos eventos na Europa, mas com esta dimensão não há muitos. Há a Websummit e a Vivatech, porque estamos falar de um evento que acolhe mais de 100 mil visitantes. Nesse sentido é dos maiores, é um evento que tem crescido e que se tem internacionalizado, já não é um evento francês”, disse Eduardo Henriques, diretor da AICEP em Paris, em declarações à agência Lusa.

A sexta edição da Vivatech vai decorrer entre 15 e 18 de junho em formato presencial, acolhendo este ano 1.700 startups de 30 países diferentes, com a Índia a ser o país parceiro deste evento.

Durante toda a duração do evento haverá conferências com figuras como Garry Kasparov, antigo campeão de xadrez e embaixador da Avast, Evan Spiegel, co-fundador e CEO de Snap que detém o Snapchat ou Changpeng Zhao, fundador e CEO de Binance.

Nesta feira são reveladas algumas das maiores inovações a nível mundial como o mais recente conceito de automóvel da Audi, 100% autónomo, o modelo Y Performance da Tesla ou o último conceito de automóvel da Renault, que utiliza eletricidade e hidrogénio, sendo construído 85% com materiais reciclados.

Os três primeiros dias são dedicados a profissionais e o último dia é aberto a todos os visitantes.A segunda edição do concurso entre as startups portuguesas acontece em 16 de junho e este ano, ao contrário do que aconteceu no ano passado, os representantes destas empresas portuguesas vão estar presencialmente em Paris.

Estes oito finalistas foram escolhidos entre 35 candidatos.

“No ano passado tivemos uma experiência online, que correu bem, mas como este ano é presencial, para além do pitch contest, as startups vão poder viver o evento, já que oferecemos os bilhetes do evento”, indicou Eduardo Henriques.

Para avaliar esta competição estarão presentes representares da Station F, uma das maiores incubadoras de startups em França, um fundo de investimento e um representante da Vivatech. O prémio consiste num ano de acompanhamento por parte da AICEP em França.

SAIBA MAIS

Últimas Notícias
Mais Vistos