Economia

Lucros alcançados pelos bancos portugueses ultrapassam os mil milhões de euros

Loading...

A Caixa, o BPI, o Santander e o BCP divulgaram os resultados relativos ao primeiro semestre. O Novo Banco deverá anunciar na segunda-feira.

Quatro dos cinco maiores bancos de Portugal apresentaram os resultados relativos ao primeiro semestre do ano. Somados, os ganhos ultrapassam os mil milhões de euros.

Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos, diz que não há “lucros excessivos”. Nos primeiros seis meses do ano, o banco do Estado teve lucros de 486 milhões de euros, uma subida de 65% em relação ao mesmo período do ano passado.

Sem resultados históricos, mas com lucros, surge o BPI que arrecadou 201 milhões de euros em seis meses – uma subida de 9%, quando comparada com o mesmo período do ano passado.

João Pedro Oliveira e Costa diz que o banco tem liquidez e está preparado para o pior mas não afasta a possibilidade que as famílias deixem de ter condições para pagar os créditos. Para já, a banca ainda não sente que os pedidos de crédito estejam a diminuir significativamente. As preocupações centram-se na escalada da inflação.

Os lucros do Santander subiram quase 200% quando comparados com o mesmo período do ano passado. São 241 milhões de euros. Com bons resultados, a banca prefere jogar pelo seguro e nem quer ouvir falar de cenários catastróficos.

Como a bom ritmo, cresceram os resultados do BCP nos primeiros seis meses do ano: quase 75 milhões de lucro. Um crescimento de mais 500% em relação a 2021.

Vamos a contas: somados os lucros da Caixa, do BPI, do Santander e do BCP no primeiro semestre representam perto de mil milhões de euros. Uma subida superior a 75% em relação a 2021. E o valor ainda pode subir, uma vez que estão em falta as contas do Novo Banco que devem ser apresentadas já na segunda-feira.

Últimas Notícias
Mais Vistos