Economia

Centeno ao lado de Marcelo nas críticas à baixa execução dos fundos europeus

Centeno ao lado de Marcelo nas críticas à baixa execução dos fundos europeus
ANTÓNIO PEDRO SANTOS

O governador do Banco de Portugal afirma que “a taxa de execução do PRR tem estado muito abaixo do previsto”.

Loading...

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, criticou a taxa de execução dos fundos europeus, colocando-se ao lado de Marcelo Rebelo de Sousa. Numa conferência organizada pela Ordem dos Economistas, o antigo ministro das Finanças afirma que “menos de 20% do investimento público total é financiado por fundos europeus".

“A estatística que nos diz qual a percentagem de investimento financiada por fundos europeus continua a ser dramaticamente baixa. Menos de 20% do investimento público total é financiado por fundos europeus, o que quer dizer que mais de 80% é financiado com os impostos pagos pelos portugueses”, disse o governador de Banco de Portugal.

Mário Centeno sublinha que “a taxa de execução do PRR tem estado muito abaixo do previsto”, sendo “prejudicada, também, pela inflação do custo dos projetos”. Mas mostra-se esperançoso no futuro.

“Para 2023, espera-se que a prossecução das reformas no âmbito do PRR venha acelerar a utilização efetiva e eficaz dos fundos e a potenciar o investimento”, afirma.

Últimas Notícias
Mais Vistos