Assalto em Tancos

Julgamento Tancos: PJ Militar recusou entregar perícias feitas aos paióis à PJ

Carlos Farinha diz que quando pediu as perícias feitas aos paióis de Tancos à PJ Militar ouviu uma recusa.

No julgamento de Tancos, o ex-responsável pelo laboratório científico da Polícia Judiciária contou ao coletivo de juízes que a Polícia Judiciária Militar (PJM) se recusou a entregar as perícias feitas aos paióis depois do assalto.

Carlos Farinha diz que, quando telefonou ao coronel Luís Vieira, então diretor da PJM, os militares só aceitavam entregar as perícias recolhidas nos paióis, depois do assalto, se houvesse uma ordem do tribunal.

Depois desta recusa da Polícia Judiciária Militar, a então procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, telefonou a Luís Vieira a exigir-lhe que entregasse tudo o que o seu laboratório tinha recolhido em Tancos.