Brexit

Acordo comercial pós-Brexit. O que está em causa em semana decisiva

Correspondente SIC

Sem um acordo de comércio, os britânicos arriscam uma saída caótica do Mercado Interno no final do mês.

Esta semana é apontada como decisiva para as negociações da futura parceria entre a União Europeia e o Reino Unido.

O tempo é cada vez mais curto para um entendimento e os dois blocos reconhecem que as divergências não são fáceis de ultrapassar.

Esta segunda-feira, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, vai reunir com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, para analisar o atual estado das negociações para o acordo de comércio pós-Brexit.

Sem um acordo de comércio, os britânicos arriscam uma saída caótica do Mercado Interno no final do mês, com consequências para os dois lados do Canal da Mancha.

O jornal britânico The Guardian fala num entendimento em matérias de pescas, sobre o acesso de pescadores europeus às águas britânicas, como conta a correspondente da SIC em Bruxelas, Susana Frexes. A jornalista fala também dos outros dois pontos difíceis de chegar a acordo.

As negociações sobre o pós-Brexit foram retomadas este domingo em Bruxelas. Os negociadores voltam a reunir esforços para tentar concluir um acordo comercial.

Apesar das divergências existentes, o negociador-chefe da União Europeia, Michel Barnier e o homólogo britânico, David Frost, asseguram que estão a trabalhar para chegar a um consenso.