Brexit

Marinha britânica a postos para proteger águas caso não haja acordo com UE

As negociações recomeçaram na sexta-feira em Bruxelas, com um prazo apertado até domingo para se tentar alcançar um acordo pós-Brexit.

Quatro navios da Marinha britânica estão a postos para proteger as águas de pesca do Reino Unido se não houver acordo com a União Europeia (UE) até 31 de dezembro, confirmou hoje fonte do Ministério da Defesa britânico.

Citada pelas agências AFP e EFE, a fonte confirmou informações publicadas pela imprensa britânica segundo as quais os quatro navios, de 80 metros de comprimento, foram mobilizados e terão o poder de "parar, inspecionar e apresar" navios de pesca de países da UE que entrem em águas britânicas.

A Royal Navy tem definidas "medidas robustas" para preservar os direitos do Reino Unido "como Estado costeiro independente" se, findo o período de transição pós-Brexit, a 31 de dezembro, não houver acordo com Bruxelas para regular a relação futura e, em particular, a pesca.

O anúncio ocorre numa altura em que foram acelerados os planos de contingência dos dois lados do Canal da Mancha para o caso de não haver acordo sobre a relação futura entre o Reino Unido e a UE.

As negociações recomeçaram na sexta-feira em Bruxelas, com um prazo apertado até domingo para se tentar alcançar um acordo pós-Brexit.

As duas partes admitiram nos últimos dias divergências que dificultam um entendimento antes de 31 de dezembro, o que implicará a aplicação de barreiras ao comércio como quotas e taxas aduaneiras nos produtos importados pelos respetivos mercados a partir de 2021.

Desde a saída oficial da UE em 31 de janeiro, o Reino Unido continuou a aplicar as regras europeias e somente após o final do período de transição é que sairá do mercado único e da união aduaneira dos 27.

O acesso europeu às águas britânicas, as garantias exigidas pela UE em termos de concorrência em troca do acesso britânico sem tarifas nem quotas ao mercado único e um mecanismo de resolução de conflitos são os principais pontos de discórdia.