Caso Maddie

Caso Maddie. Problemas de Brueckner com a justiça portuguesa começaram em 2004

Suspeito foi libertado quatro meses antes do desaparecimento de Maddie.

Poucos meses antes do desaparecimento de Madeleine McCann, Christian Brueckner, o novo suspeito do caso, já tinha admitido às autoridades portuguesas ter sido condenado na Alemanha por furtos e ofensas sexuais.

A informação foi passada pelo próprio ao tribunal de Portimão durante um primeiro interrogatório judicial na sequência de um furto de combustível.