Coronavírus

Coronavírus: Vai ser feita uma "limpeza em profundidade" do metro de Nova Iorque

Nick Zieminski

Vai abranger cerca de 500 estações.

Especial Coronavírus

A Autoridade Metropolitana de Transportes (MTA, na sigla em inglês) de Nova Iorque anunciou na terça-feira que vai promover uma "limpeza em profundidade" regular no metropolitano para conter a propagação do novo coronavírus na metrópole, noticiaram vários meios.

O sítio de informação em linha The Hill detalhou que a operação vai abranger cerca de 500 estações de metro. Em declarações à filial nova-iorquina da televisão NBC, o presidente do sindicato dos trabalhadores dos transportes, Tony Utano, adiantou que os empregados da MTA vão limpar diariamente os torniquetes, os corrimões e as máquinas de venda de bilhetes.

De Nova Iorque, cidade que tem nove milhões de habitantes, há registo de uma pessoa infetada com o Covid-19, uma mulher de 39 anos, que regressou do Irão, ainda segundo o The Hill.

Os números do coronavírus

O surto de Covid-19, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou mais de 3.100 mortos e infetou mais de 90.300 pessoas em cerca de 70 países e territórios.

Das pessoas infetadas, cerca de 48 mil recuperaram, segundo autoridades de saúde de vários países.Além de 2.943 mortos na China, onde o surto foi detetado em dezembro, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América, San Marino e Filipinas.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional de risco "muito elevado".